No Alentejo o tempo parece ter mais tempo!


Embora só tenha estado em Arronches um dia, o tempo rendeu bastante. Além dos miminhos da Avó, da feira de São Mateus  e dos passeios ainda deu para fazer uns desenhinhos...
Esta é uma parte da antiga muralha de Arronches. Hoje em dia a vila cresce exponencialmente para fora desta (antiga) cintura bélica que tantas vezes nos protegeu  (portucalenses!) dos ataques árabes e espanhóis! "


Recordando os Lusíadas, Camões refere:

Um sacerdote vê, brandindo a espada
Contra Arronches, que toma, por vingança
De Leiria, que de antes, foi tomada
Por quem por Mafamede enresta a lança:
É Teotónio prior(...)
  

(Arronches é, portanto, uma vila muito famosa!):)) 

um compadre no café
 
a minha rua, em Arronches...Este largo, agora abandonado, era palco de inúmeras brincadeiras. Nos dias em que dava o programa Jogos sem Fronteiras, o Sr. Ferreira montava a televisão cá fora, por cima da caixa de gelados da Olá e ficávamos todos na rua até acabar. As noites eram quentes e alegres e a minha Avó fazia sempre, para o jantar, bife com batatas fritas!

2 comentários

Mensagens populares