Das ilhas chegou-me um presente...



Esta é a bela menina à qual chamarei Guadalupe em homenagem à ilha de onde vem. Foi-me oferecida trazendo consigo um cheiro maravilhoso a mar!
Consigo quase, quase ouvir o bater de ondas das águas cristalinas. Consigo sentir o cheiro da fruta fresca que traz na cesta: a bananas amarelas e viçosas e outras frutas típicas, lá do outro lado do mundo.
Repousando a atenção nela, mas não pode ser uma "atenção" qualquer, também se poderão ouvir tambores bem ao fundo, a marcar o compasso da terra...

É bonita a Guadalupe, não é? :)



1 comentário

Mensagens populares